Kelly Reichardt

Kelly Reichardt: “interessam-me muito as pequenas lutas do dia-a-dia”

Aquando da passagem de Kelly Reichardt por Portugal, por ocasião da retrospectiva que lhe foi dedicada no Festival Curtas Vila do Conde 2014, tivemos a oportunidade de falar com a realizadora norte-americana. Reichardt, uma das vozes mais importantes do cinema

Kelly Reichardt

Kelly Reichardt: “interessam-me muito as pequenas lutas do dia-a-dia”

Aquando da passagem de Kelly Reichardt por Portugal, por ocasião da retrospectiva que lhe foi dedicada no Festival Curtas Vila do Conde 2014, tivemos a oportunidade de falar com a realizadora norte-americana. Reichardt, uma das vozes mais importantes do cinema

The Immigrant (A Emigrante, 2013) de James Gray

The Immigrant (2013) de James Gray

Escrever que “James Gray é um cineasta de outro tempo” é um lugar comum cuja justeza é inegável face à obra do realizador nova-iorquino. Por duas grandes razões. A primeira, a mais superficial talvez, tem a ver com a aproximação

The Immigrant (A Emigrante, 2013) de James Gray

The Immigrant (2013) de James Gray

Escrever que “James Gray é um cineasta de outro tempo” é um lugar comum cuja justeza é inegável face à obra do realizador nova-iorquino. Por duas grandes razões. A primeira, a mais superficial talvez, tem a ver com a aproximação

Snowpiercer (2013) de Joon-ho Bong

Snowpiercer (2013) de Bong Joon-ho

Numa altura em que a aceleração técnica continua a produzir sentimentos de culpa pela extinção da raça humana avant la lettre, o cinema aproveita-se para seguir vendendo distopias que nem castanhas quentes. Neste Snowpiercer (Expresso do Amanhã, 2013) – que

Snowpiercer (2013) de Joon-ho Bong

Snowpiercer (2013) de Bong Joon-ho

Numa altura em que a aceleração técnica continua a produzir sentimentos de culpa pela extinção da raça humana avant la lettre, o cinema aproveita-se para seguir vendendo distopias que nem castanhas quentes. Neste Snowpiercer (Expresso do Amanhã, 2013) – que

LateAutumnPhoto

Akibiyori (1960) de Yasujirô Ozu

Akibiyori (O Fim do Outono, 1960) pode não ter recebido a aclamação generalizada de Tôkyô monogatari (Viagem a Tóquio, 1953) mas reposições recentes ajudarão a compreender porque é não só um dos filmes mais paradigmáticos de Ozu como também, possivelmente,

LateAutumnPhoto

Akibiyori (1960) de Yasujirô Ozu

Akibiyori (O Fim do Outono, 1960) pode não ter recebido a aclamação generalizada de Tôkyô monogatari (Viagem a Tóquio, 1953) mas reposições recentes ajudarão a compreender porque é não só um dos filmes mais paradigmáticos de Ozu como também, possivelmente,

EquinoxFlowerPhoto

Higanbana (1958) de Yasujirô Ozu

Após a exibição de Tôkyô monogatari (Viagem a Tóquio, 1953) e de Sanma no aji (O Gosto do Saké, 1962) no ano passado, o Espaço Nimas volta a apresentar uma selecção de cópias digitais restauradas de filmes de Yasujirô Ozu.

EquinoxFlowerPhoto

Higanbana (1958) de Yasujirô Ozu

Após a exibição de Tôkyô monogatari (Viagem a Tóquio, 1953) e de Sanma no aji (O Gosto do Saké, 1962) no ano passado, o Espaço Nimas volta a apresentar uma selecção de cópias digitais restauradas de filmes de Yasujirô Ozu.

vlcsnap-2014-07-17-23h09m39s31

Ida (2013) de Pawel Pawlikowski

Ida (2013) marca um ponto de interrogação na obra de Pawel Pawlikowski, no sentido em que rompe brutalmente na forma (mas também na substância) com aquilo que é o conjunto dos seus filmes anteriores deixando por isso mesmo em aberto o que serão

vlcsnap-2014-07-17-23h09m39s31

Ida (2013) de Pawel Pawlikowski

Ida (2013) marca um ponto de interrogação na obra de Pawel Pawlikowski, no sentido em que rompe brutalmente na forma (mas também na substância) com aquilo que é o conjunto dos seus filmes anteriores deixando por isso mesmo em aberto o que serão

Captura de ecrã 2014-07-18, às 01.31.33

Filmes Fetiche: o cinema como fetiche

A primeira vez é sempre um misto de magia e estranheza, talvez sejam essas as duas palavras que melhor descrevem este primeiro número da rubrica que agora se inaugura no Contra-campo do À pala de Walsh: uma rubrica de vídeos

Captura de ecrã 2014-07-18, às 01.31.33

Filmes Fetiche: o cinema como fetiche

A primeira vez é sempre um misto de magia e estranheza, talvez sejam essas as duas palavras que melhor descrevem este primeiro número da rubrica que agora se inaugura no Contra-campo do À pala de Walsh: uma rubrica de vídeos

Le gai savoir (Joy of Learning, 1969) de Jean-Luc Godard

Cinefilia = fetichismo

A discussão foi aberta. Reuniu-se a uma mesa imaginária um bando de cinéfilos para discutir o que parece possível de se alastrar infinitamente sob todos os ângulos: a eterna relação entre cinefilia e fetichismo.

Le gai savoir (Joy of Learning, 1969) de Jean-Luc Godard

Cinefilia = fetichismo

A discussão foi aberta. Reuniu-se a uma mesa imaginária um bando de cinéfilos para discutir o que parece possível de se alastrar infinitamente sob todos os ângulos: a eterna relação entre cinefilia e fetichismo.

output_MuOELW

Povos (Ir)mãos

Algures entre o beija-mão e o lambe-botas fica o lambe-mãos. O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, deliciou-se com as nozes reais dos dedos castelhanos da Rainha Letizia de Espanha, qual vigarista de estrada nas terras de Nottingham – em Robin

output_MuOELW

Povos (Ir)mãos

Algures entre o beija-mão e o lambe-botas fica o lambe-mãos. O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, deliciou-se com as nozes reais dos dedos castelhanos da Rainha Letizia de Espanha, qual vigarista de estrada nas terras de Nottingham – em Robin

Loong Boonmee Raleuk Chat (2010) de Apichatpong Weerasethakul

Loong Boonmee Raleuk Chat (2010) de Apichatpong Weerasethakul

Facing the jungle, the hills and vales, my past lives as an animal and other beings rise up before me. Se existem filmes que parecem ser imaginados a partir de uma imagem, Loong Boonmee Raleuk Chat (O Tio Boonmee que

Loong Boonmee Raleuk Chat (2010) de Apichatpong Weerasethakul

Loong Boonmee Raleuk Chat (2010) de Apichatpong Weerasethakul

Facing the jungle, the hills and vales, my past lives as an animal and other beings rise up before me. Se existem filmes que parecem ser imaginados a partir de uma imagem, Loong Boonmee Raleuk Chat (O Tio Boonmee que

Outono (2014) de Marco Amaral

Curtas Vila do Conde 2014: conclusão

Sexta-feira foi o dia de exibição do último segmento da competição nacional. Fuligem (2014) de David Doutel e Vasco Sá é um filme de animação, composto por uma série de quadros elaborados, alguns dos quais recordam Edvard Munch. De ritmo

Outono (2014) de Marco Amaral

Curtas Vila do Conde 2014: conclusão

Sexta-feira foi o dia de exibição do último segmento da competição nacional. Fuligem (2014) de David Doutel e Vasco Sá é um filme de animação, composto por uma série de quadros elaborados, alguns dos quais recordam Edvard Munch. De ritmo

O Triangulo Dourado (2014) de Miguel Clara Vasconcelos

Curtas Vila do Conde 2014: diários do cinema

Exibido na secção Fora de Jogo, Al doilea joc (O Segundo Jogo, 2014) é um exercício radical no seu gesto, uma obra difícil de classificar. O novo filme de Corneliu Porumboiu apresenta-nos uma gravação em VHS de um jogo de futebol

O Triangulo Dourado (2014) de Miguel Clara Vasconcelos

Curtas Vila do Conde 2014: diários do cinema

Exibido na secção Fora de Jogo, Al doilea joc (O Segundo Jogo, 2014) é um exercício radical no seu gesto, uma obra difícil de classificar. O novo filme de Corneliu Porumboiu apresenta-nos uma gravação em VHS de um jogo de futebol