In Old Chicago (1938) de Henry King

Na segunda metade dos anos 30, talvez por alturas de Seventh Heaven (A Hora Suprema, 1937), remake da obra-prima homónima de Frank Borzage, Henry King recebeu um telegrama de Darryl F. Zanuck a pedir-lhe que realizasse Heidi (Heidi, 1937) –

In Old Chicago (1938) de Henry King

Na segunda metade dos anos 30, talvez por alturas de Seventh Heaven (A Hora Suprema, 1937), remake da obra-prima homónima de Frank Borzage, Henry King recebeu um telegrama de Darryl F. Zanuck a pedir-lhe que realizasse Heidi (Heidi, 1937) –

Captura de ecrã 2014-04-18, às 07.04.38

Quando a estrela segura a tocha da realização

Ben Affleck, Ben Stiller, Charles Laughton, Clint Eastwood, Ed Harris, George Clooney, Ida Lupino, Jodie Foster, John Cassavetes, John Wayne, Kevin Spacey, Marlon Brando, Mel Gibson, Paul Newman, Robert De Niro, Robert Duvall, Robert Redford, Sean Penn, Sylvester Stallone, Tommy

Captura de ecrã 2014-04-18, às 07.04.38

Quando a estrela segura a tocha da realização

Ben Affleck, Ben Stiller, Charles Laughton, Clint Eastwood, Ed Harris, George Clooney, Ida Lupino, Jodie Foster, John Cassavetes, John Wayne, Kevin Spacey, Marlon Brando, Mel Gibson, Paul Newman, Robert De Niro, Robert Duvall, Robert Redford, Sean Penn, Sylvester Stallone, Tommy

Desaire seguido de colisão

Desaire seguido de colisão

Desaire na apresentação de drone da Marinha Portuguesa seguido da colisão em alto mar em Foreign Correspondent (Correspondente de Guerra, 1940) de Alfred Hitchcock, ou a tecnologia de ponta na arte de meter água

Desaire seguido de colisão

Desaire seguido de colisão

Desaire na apresentação de drone da Marinha Portuguesa seguido da colisão em alto mar em Foreign Correspondent (Correspondente de Guerra, 1940) de Alfred Hitchcock, ou a tecnologia de ponta na arte de meter água

Captura de ecrã 2014-04-16, às 20.19.03

Conversas à Pala #6: pimenta no cu dos outros é refresco

A sexta edição das conversas à pala foi com o simpático e talentoso realizador Carlos Conceição. Além de alguns videoclipes para nomes como os Pop Dell’Arte e Mundo Cão e de algum trabalho na área da vídeo arte, o seu

Captura de ecrã 2014-04-16, às 20.19.03

Conversas à Pala #6: pimenta no cu dos outros é refresco

A sexta edição das conversas à pala foi com o simpático e talentoso realizador Carlos Conceição. Além de alguns videoclipes para nomes como os Pop Dell’Arte e Mundo Cão e de algum trabalho na área da vídeo arte, o seu

Jeune & jolie (Jovem e bela, 2013) de François Ozon

Jeune & jolie (2013) de François Ozon

Jeune & jolie (Jovem e Bela, 2013) começa com um plano subjectivo: o contorno de umas lunetas enquadra uma rapariga, jovem e bela, que se banha no mar, que sai da água e sobre quem os binóculos - t(r)emerosos – nunca soltam a vista;

Jeune & jolie (Jovem e bela, 2013) de François Ozon

Jeune & jolie (2013) de François Ozon

Jeune & jolie (Jovem e Bela, 2013) começa com um plano subjectivo: o contorno de umas lunetas enquadra uma rapariga, jovem e bela, que se banha no mar, que sai da água e sobre quem os binóculos - t(r)emerosos – nunca soltam a vista;

TC4

Tom Conley: “Em Walsh existe uma assinatura de movimento”

Na semana que passou o grupo do projecto de investigação “Falso Movimento” dedicado aos estudos sobre escrita e cinema do Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa trouxe a Lisboa o norte-americano Tom Conley, um

TC4

Tom Conley: “Em Walsh existe uma assinatura de movimento”

Na semana que passou o grupo do projecto de investigação “Falso Movimento” dedicado aos estudos sobre escrita e cinema do Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa trouxe a Lisboa o norte-americano Tom Conley, um

Os Abismos da Meia-Noite (1984) de António de Macedo

Agarra o membro e grita silenciosamente

Medir o pulso aos dias que passam é coisa que nem sempre se consegue com o mesmo grau de eficácia que um monitor de frequência cardíaca. Isto porque o problema está em saber onde agarrar: num indivíduo está bem de

Os Abismos da Meia-Noite (1984) de António de Macedo

Agarra o membro e grita silenciosamente

Medir o pulso aos dias que passam é coisa que nem sempre se consegue com o mesmo grau de eficácia que um monitor de frequência cardíaca. Isto porque o problema está em saber onde agarrar: num indivíduo está bem de

Coreia do Norte: computação sem computador

Coreia do Norte: computação sem computador

Em primeiro lugar: 1984 (1984) de Ridley Scott, anúncio dos primeiros computadores pessoais Macintosh que prometiam acabar com o torpor induzido pelo Grande Irmão, o “querido líder” da sociedade distópica concebida por George Orwell. Em segundo lugar: abertura do novo parlamento

Coreia do Norte: computação sem computador

Coreia do Norte: computação sem computador

Em primeiro lugar: 1984 (1984) de Ridley Scott, anúncio dos primeiros computadores pessoais Macintosh que prometiam acabar com o torpor induzido pelo Grande Irmão, o “querido líder” da sociedade distópica concebida por George Orwell. Em segundo lugar: abertura do novo parlamento

La maschera del demonio (A Máscara do Demónio, 1960) de Mario Bava

La maschera del demonio (1960) de Mario Bava

Foi já com a respeitável idade de 46 anos que Mario Bava arrancou para uma longa carreira na realização com a adaptação de Viy, um conto do russo Nikolai Gogol. Arrancou é como quem diz porque entretanto já havia tentado

La maschera del demonio (A Máscara do Demónio, 1960) de Mario Bava

La maschera del demonio (1960) de Mario Bava

Foi já com a respeitável idade de 46 anos que Mario Bava arrancou para uma longa carreira na realização com a adaptação de Viy, um conto do russo Nikolai Gogol. Arrancou é como quem diz porque entretanto já havia tentado

The Grand Budapest Hotel (2014) de Wes Anderson

The Grand Budapest Hotel (2014) de Wes Anderson

Muito do que escrevi sobre Moonrise Kingdom (2012) aplica-se a The Grand Budapest Hotel (Grand Budapest Hotel, 2014). Se, na altura, intuía que haveria um Wes Anderson pós-Fantastic Mr. Fox (o Fantástico Senhor Raposo, 2009), agora dissiparam-se quaisquer dúvidas. Desde

The Grand Budapest Hotel (2014) de Wes Anderson

The Grand Budapest Hotel (2014) de Wes Anderson

Muito do que escrevi sobre Moonrise Kingdom (2012) aplica-se a The Grand Budapest Hotel (Grand Budapest Hotel, 2014). Se, na altura, intuía que haveria um Wes Anderson pós-Fantastic Mr. Fox (o Fantástico Senhor Raposo, 2009), agora dissiparam-se quaisquer dúvidas. Desde

Do outro lado

Do outro lado

Do coração que salta do peito e das chumbadas que saltam da tela em Heaven’s Gate (As Portas do Céu, 1980) de Michael Cimino – primeiro – ao amor entre irmãos que se esfuma na volatilidade de uma sombra em Little Odessa (Viver

Do outro lado

Do outro lado

Do coração que salta do peito e das chumbadas que saltam da tela em Heaven’s Gate (As Portas do Céu, 1980) de Michael Cimino – primeiro – ao amor entre irmãos que se esfuma na volatilidade de uma sombra em Little Odessa (Viver

antoine-de-saint-exupery

Sou da minha infância como sou de um país

O cinema tem muitas particularidades que não encontramos na vida – a de podermos modular o tempo ao nosso desejo, criarmos pontes e encontros entre aquilo que nos inspira e nos faz querer sonhar. Mas o seu próprio potencial artístico está

antoine-de-saint-exupery

Sou da minha infância como sou de um país

O cinema tem muitas particularidades que não encontramos na vida – a de podermos modular o tempo ao nosso desejo, criarmos pontes e encontros entre aquilo que nos inspira e nos faz querer sonhar. Mas o seu próprio potencial artístico está