“Retrato da Rapariga em Chamas”: um certo olhar

"Hoje, quando vejo um filme, peço-lhe que expresse ora a alegria de fazer cinema, ora a angústia de fazer cinema, e desinteresso-me de tudo aquilo que estiver entre os dois, isto é, de todos os filmes que não vibram."
François Truffaut, "Os Filmes da Minha Vida"

Últimas

Artigos relacionados